Favoritos

selecionados por mim

Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio

Performance em Pombos-Correios (genes LDHA, DRD4-1, e DRD4-2)

Ref: PFPOM
Marca: Ampligen Biotecnologia
Data de lançamento: 21/08/2023
Resultado em até 3 dias úteis a partir da chegada da amostra no laboratório | Preços exclusivos para compra pelo site
 
0 Opiniões
Descrição Geral

Performance em Pombos-Correios (genes LDHA, DRD4-1, e DRD4-2)

A boa performance nessas competições está relacionada à genética do próprio pombo, associada ao treinamento, bem como em uma cuidadosa e atenta manutenção das aves, mantendo-as em perfeitas condições de saúde.

Visando a alta performance do voo em Pombos, estudos confirmam que a predisposição genética individual é um dos fatores determinantes para definir este potencial. Desta forma, alguns marcadores foram identificados, onde o pombo com o genótipo mais favorável é aquele que apresenta uma melhor performance.

Genes Envolvidos na Performance:

Gene LDHA:

O gene LDHA está envolvido no metabolismo da enzima lactato desidrogenase em pombos, a qual é responsável pela reciclagem do lactato produzido pelos músculos quando em exercício físico. Durante atividade física de alta intensidade os músculos esqueléticos precisam de maiores quantidades de energia, e para consegui-la, o LDHA é fundamental. Estudos recentes realizados por vários grupos de pesquisa ao redor do mundo têm demonstrado que mutações pontuais no gene LDHA está intimamente relacionado com rendimento e performance em pombos-correio. Estas variações genéticas foram denominadas como Alelo A e Alelo B, assim temos possíveis três genótipos para o gene LDHA, são eles os genótipos AA, BB e AB. Os estudos demostraram que os pombos que carregam o alelo A tem maior rendimento em competições quando comparados a pombos que carregam somente o alelo B, sendo que o genótipo AA é o mais favorável para o alto desempenho. Segundo os estudos 12% dos pombos-correios portam o alelo A em um de seus cromossomos, porém somente 1% carregam a dupla AA, estatisticamente o melhor genótipo para performance. O teste do São Camilo é capaz de demonstrar exatamente quais alelos seu pombo-correio porta, auxiliando o desenvolvimento de linhagens portadoras dos alelos de melhor desempenho.

Genéticas possíveis:

Genótipo

Tipo

Interpretação

AA

Homozigoto

O pombo carrega duas cópias do alelo A, ou seja, homozigoto para o alelo A. Este pombo apresenta, estaticamente, a melhor performance nas provas. Este pombo somente passara o alelo A aos seus descendentes, nunca o alelo B.

AB

Heterozigoto

O pombo carrega os dois alelos A e B. Este Pombo tem 50% de chances de passear o alelo A ou B aos seus filhotes.

BB

Homozigoto

Este pombo carrega duas cópias do alelo B em homozigose. Esta ave passará somente o alelo B aos seus descendentes, nunca o alelo A.

 

Genes DRD4-1 e DRD4-2:

Os genes DRD4-1 e DRD4-2 são responsáveis por codificar os receptores para um neurotransmissor chamado dopamina em regiões específicas do cérebro. Variações deste gene foram encontradas em humanos e outros animais associados a diversas características biológicas como: ritmo cardíaco, resposta ao medo, criatividade, susceptibilidade à depressão, comportamento locomotor, estímulos musculares, eficiência em exercícios, entre outros. Em um estudo recente conduzido por Proskura e colaboradores em 2015, que utilizou 1380 registros de corridas de pombos, foi demonstrado que alterações neste gene afeta estatisticamente o desempenho dos animais em competições.

Genéticas possíveis:

Genótipo

Interpretação

CC/CC

Média mais baixa de performance em competições

CT/CC

Média alta de performance em competições

CC/CT

Média alta de performance em competições

CT/CT

Maior média de performance em competições

TT/TT

Encontrado somente uma vez em um pombo 1º Lugar em um campeonato de longa distância na Bélgica

 

Como conclusão, sabemos que muitos fatores, como o clima, alimentação e métodos de treinamento, são determinantes potenciais na performance do voo em pombos, no entanto, a predisposição genética individual também deve ser levada em consideração.

Amostra: sangue ou penas enviado no kit de sexagem de aves  por DNA

Prazo: 3 dias úteis

 

Dúvidas de como coletar? Clique aqui e assista nosso vídeo-tutorial ou então acesse aqui nosso manual de coleta.

Kits de coleta: Você pode utilizar o KIT DE COLETA ONLINE clicando aqui e fazendo o download para imprimir ou então comprar aqui a entrega do KIT DE COLETA no seu endereço.

Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Produtos visitados